quarta-feira, 22 de abril de 2015

um livro, um outro dia.

Fecho meus olhos e descanso. Não atiro o computador longe: o coloco de lado, junto com minhas esperanças.

Quando eu terei a coragem para escrever quem eu sou?

Nenhum comentário:

Postar um comentário