quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

uma refeição, um livro

Palavra por palavra, eu me escondo sob o lençol e canto sobre nós. Quem, além de mim, acredita que estou oculto atrás desses parágrafos? Quem, além de mim, acredita que eu soube me disfarçar nessa poética?

Quem não irá encontrar essa autora, tão desenhada nas linhas de seu livro?

Nenhum comentário:

Postar um comentário