segunda-feira, 22 de setembro de 2014

proteção

Quando me abraça com seus laços
e com beijo da mordaça me cala,
sei que estou seguro.

Quando a noite me vem pela venda 
ou vem o dia pelas velas que acende,
sei que estou seguro.

Eu sei, você vai testar meus sentidos, tirá-los para excitá-los. Vai tirar para você todo o prazer que pode me dar.

Existe algum lugar no mundo, onde eu tenha o aconchego e proteção que tenho em seus braços?




Nenhum comentário:

Postar um comentário