sexta-feira, 27 de junho de 2014

atravessado

Olhe bem atento. Encontre essa rachadura no meio de mim. Não toque, seu dedo delicado pode se cortar, sou vidro rachado. Não suje suas mãos, eu peço que apenas observe o fino sangue que corre enquanto lágrima.  Essa é uma rachadura na ponte de vidro. É um rompimento dentro de mim.

Repare que, as vezes, para atravessar, precisamos ser atravessados. Ou nos atravessar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário